O Que Fazemos > Performance e Mídia paga

O que é?

Performance de mídia é a análise de todos os resultados de canais de informação pagos. A Sherlock usa performance de mídia dentro do planejamento de mídia e compras, para garantir que as ações do público alvo de nossos clientes aumentem o reconhecimento da marca e as vendas. Utilizamos plataformas com diversos canais, incluindo *biddable media*, câmbio digital, mídia acessível e publicidade segmentada.

Também usamos mídia paga, anúncios pagos para direcionar o trafego de usuários para uma mídia própria, uma vez liberado o impulsionamento de conteúdo, aumentamos a exposição, alcance e reconhecimento da marca ou do produto do nosso cliente.

Como funciona e qual o benefício?

Tradicionalmente, existiam três canais principais de mídia paga – TV, rádio e anúncio impresso – mas o online trouxe opções alternativas. Pagamento por Clique (PPC) é muito popular com os anúncios nos mecanismos de busca. Existe um leilão de anúncios para determinar quais palavras chaves irão aparecer antes dos resultados de busca orgânicos. Outras opções online são os influenciadores, anúncio em painéis e anúncios nas redes sociais.

O impacto de usar mídia paga é o imediatismo e a habilidade de controlar e usar quando necessário, o que significa que o orçamento pode variar, ser acompanhado e retornar como investimento. A Sherlock entende que um benefício fundamental é criar mais exposição, selecionando a plataforma correta usada pelo público alvo. Temos experiência em criar mais exposição enquanto direcionamos tráfego para o website e redes sociais do nosso cliente.

Mídia de performance é focada em audiência, então é essencial realizar um planejamento de mídia para saber onde, quando e como engajar o público. Ao redor do mundo, aparelhos celulares são cada vez mais usados para acessar páginas da web, e o Brasil não é exceção. Consequentemente, são uma plataforma fundamental para engajar diretamente com os consumidores alvo de nossos clientes, podendo abranger planos de pagamento por clique e pagamento por ligação. A Sherlock tem grande expertise em América Latina e experiência tática e estratégica em identificar quais são os canais mais apropriados para cada divulgação. A abordagem do nosso plano integrado nos permite capturar e converter intenções em porcentagem, usando e estimulando pesquisa de marketing de intenção.

Como podemos ajudar?

Uma vantagem em usar estratégias de mídia paga é a habilidade de medir o sucesso da campanha usando insights e informações sobre retorno de investimento (ROI). Na Sherlock, parte relevante da nossa estratégia é trabalhar de perto com nossos clientes para entender a fundo seus objetivos, modelo de negócio e produtos. Podendo incluir construção de reconhecimento de marca, engajamento de mídias sociais, e-mail opt-ins (pessoas cadastradas em newsletter, listas, etc, para recebimento de informativos da empresa), ou direcionar tráfego de web com o objetivo de aumentar vendas de produtos e serviços.

Como parte de nossa estratégia usamos informações obtidas a partir da revisão dos canais dos clientes para analisarmos a influência que possuem online e offline. Isso permite que façamos uma analise de performance, otimizando audiências não responsivas, plataformas, palavras-chave e inserções. Essa estratégia acaba com as divisões e traz sinergia, alinhando as atividades com o plano de negócio.

Criamos então uma estratégia adaptável que maximiza performance usando elementos como dispositivo, localização, interação prévia do consumidor para direcionarmos a marca do nosso cliente diretamente para quem gostaríamos. Também produzimos mídia paga inovadora com conteúdo criativo desenvolvido para atrair atenção e direcionado para a audiência do nosso cliente.

Grande performance

Estabelecemos Indicadores Chave de Performance, KPI em inglês, para estabelecer como mediremos o impacto de qualquer campanha e entregar ROI para nossos clientes, o que nos permite otimizar impacto. Exemplos:

  • Impressões/Alcance Total: é o valor numérico do total de pessoas que viram o anúncio ou conteúdo, representando o alcance geral. Cada plataforma e campanha mede de forma diferente as impressões e o alcance. 50 milhões de impressões sociais são completamente diferentes de 50 milhões de impressões ‘conquistadas’, que são diferentes de impressões alcançadas através de anúncios.
  • Engajamento/compartilhamento: essa é outra forma chave de avaliação para assegurar que o conteúdo está sendo captado pelo público alvo de nossos clientes. Isso inclui curtidas nas redes, comentários em artigos, compartilhamentos e retuítes. Normalmente essa métrica é voltada para plataformas de mídias sociais, mas pode ser usada para conteúdo de blogs também. O objetivo é aumentar o alcance da marca e é muito usado para avaliar o quão bem as postagens estão agindo em cada plataforma.
  • Custo e Performance de Clique: normalmente é usado para definir e medir campanhas de marketing digital assim como a proporção entre o número de impressões e cliques. Exemplos comuns de mídia paga e medição de KPIs:
    • CPM: custo por milhar– modelo de pagamento para o custo que um anunciante paga para obter mil visualizações/impressões em um anúncio
    • CPV: custo por visualização – é o pagamento por cada vez que um anúncio é visualizado. Normalmente para anúncios de vídeos em plataformas como o YouTube
    • CPC: custo por clique – anunciantes são cobrados por cada clique em seus anúncios
    • CTR: clique por impressão – mede em porcentagem a quantidade de pessoas que clicou em um anúncio em comparação com o número total de pessoas impactadas por ele
    • CPA: custo por aquisição – uma métrica chave para ROI, retorno sobre investimento, mede o número de conversões advindas de uma campanha, tanto os lides quanto as vendas feitas
  • Tráfego no Website: medir o total de tráfego em um website é vital para entender o retorno de investimento de uma campanha. Usando o total de cliques, como as campanhas de CPC e medindo o CTR são bons medidores, mas conversões no site são fundamentais.
  • Conversões no Site: são as ações que queremos que nossos consumidores alvos tenham, podendo ser opt-ins, registros de e-mail, respondendo pesquisas, tudo com o intuito de aumentar vendas de produtos e serviços. Toda campanha de mídia paga inclui uma taxa de conversão para avaliarmos o ROI de cada uma das táticas de mídia paga.
  • Retorno de Investimento (ROI – return on investment): é essencial para entender como as táticas de mídia paga estão performando. Usando as informações de conversão, atribuímos valor para esses lides baseados na porcentagem que compra produtos ou serviços.

Campanhas impecáveis

A Sherlock, sendo uma agência multilinguística, tem expertise para criar campanhas locais e globais impecáveis. Usamos nossos conhecimentos locais e na indústria da América Latina como vantagem conectando nossos conteúdos globais para uma performance multinacional.

Como somos uma agência estabelecida na América Latina, nossa influência de mídia paga nos posicionou para termos contato único com plataformas e anunciantes. Podendo incluir oportunidades de R&D através de parceiros em tecnologia e inclusão exclusiva de pilotos antecipados.