E-commerce

O comércio eletrônico demorou para se popularizar no Brasil principalmente por causa da desconfiança dos consumidores em fazer compras pela internet e redes logísticas imaturas, mas foram convencidos pela praticidade e economia da versão online de suas tradicionais lojas físicas.

Hoje, o Brasil é uma das oportunidades mais destacadas para comerciantes online na América Latina e no mundo, com uma previsão de crescimento de 12% para o mercado de e-commerce em 2018 e um total de R$ 60 bilhões em vendas, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

O desktop ainda é o principal meio para finalização das compras online. No entanto, o significativo aumento no número de smartphones nas mãos dos brasileiros incentiva o rápido crescimento do m-commerce, destacando a importância de incluir os dispositivos móveis nas estratégias de negócio para o Brasil.

Usuários assíduos da Internet

O Brasil é o quarto país com maior número de usuários de Internet, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, Índia e China, segundo relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD). São cerca de 120 milhões de pessoas conectadas com a web sobre uma população de mais de 207 milhões de habitantes.

Os brasileiros também estão entre os usuários mais apaixonados pelas redes sociais e aplicativos de mensagens do mundo. O Brasil é o terceiro país que mais fica online: são, em média, 9h14 diárias. O Facebook e o YouTube estão entre as redes sociais mais utilizadas pelos brasileiros, o resulta em um grande mercado para os influenciadores digitais e explica o alto rendimento e fascínio pela a criação de memes. O WhatsApp e o Instagram também são aplicativos quase obrigatórios nos smartphones brasileiros.

PR na brasil

Visão Geral do Mercado

Leia Mais...

Principais Regiões

Leia Mais...

Cenário da Mídia

Leia Mais...

Cenário Online

Leia Mais...

Nuances Culturais

Leia Mais...