Nossa Rede > Uruguai

Relações Públicas no Uruguai – Nossa História

Antes de lançar qualquer nova marca ou ideia no Uruguai, é importante que uma empresa internacional compreenda perfeitamente as idiossincrasias do país. Como os locais pensam? O que influencia alguém na capital Montevidéu a investir em determinado produto? As mesmas tendências se aplicam nas áreas rurais?

Independentemente do tipo de inovação que uma empresa internacional deseje trazer para essa população, é vital se envolver com uma agência de relações públicas no Uruguai. Com uma equipe de moradores locais, com décadas de experiência premiada internacionalmente, as empresas podem evitar alguns dos erros comuns cometidos e aumentar a probabilidade de um grande sucesso com o lançamento de um novo produto no Uruguai.

Sherlock Communications te apoia. Com nossa equipe de especialistas locais, a Sherlock Communications é sua agência de relações públicas no Uruguai. Com nosso histórico de ótimos resultados para uma série de empresas internacionais, ajudaremos você a entender as tendências locais e desenvolver uma oferta boutique que atenda de maneira ideal às necessidades locais.

Visão Geral do Mercado

O Uruguai é um sopro de ar fresco quando comparado a alguns de seus vizinhos. Com uma das mais altas taxas de alfabetização e as maiores taxas de penetração da internet na região, e um clima ameno e agradável, o Uruguai tem apresentado um crescimento consistente nos últimos anos, escapando em grande parte da crise financeira internacional. O Uruguai é um líder local e ocupa o segundo lugar, globalmente, no ranking da produção nacional de energia eólica e solar (apenas a Dinamarca está acima do Uruguai). Um país liberal, o Uruguai foi um dos primeiros a assinar a Declaração de 1946 da ONU sobre Direitos Humanos.

Enquanto os vizinhos da Argentina e do Brasil lutam contra a inflação, a corrupção e a violência, o Uruguai continua intacto com o crescimento econômico estável. É reconhecido por ter um dos sistemas sociais e políticos mais fortes e estáveis da América Latina. No Corruption Perceptions Index, publicado pela Transparency International em 2018, o Uruguai detém a posição mais alta dos países da América Latina. Os moradores locais não consideram seu governo corrupto e apenas o Chile se sai melhor na região no Global Peace Index.

As empresas internacionais poderiam considerar a criação de uma sede para a América Latina neste país de 3,5 milhões de habitantes, estrategicamente localizado entre o Brasil e a Argentina. O Uruguai foi um dos membros fundadores do Mercosul, o bloco comercial sul-americano com um mercado combinado de mais de quatrocentos milhões de pessoas.

Uma série de isenções fiscais relacionadas a investimentos, incluindo o imposto zero sobre a repatriação de lucros, e o tratamento não diferenciado de investidores locais e estrangeiros contribuem para os encantos do Uruguai. Um acionista pode possuir 100% de uma empresa no Uruguai.

Panorama da Mídia

O SODRE é o serviço oficial de transmissão do Uruguai e opera a TV e o rádio estatais. Montevidéu é o centro de mídia do Uruguai, com 40% das estações de rádio e todas as estações de TV do país localizadas na capital. A imprensa impressa da cidade inclui Brecha, La Dairia, La Republica, El Observador, El País, Busqueda e Gaceta Comercial.

Embora alguns meios de comunicação impressos sejam proprietários ou estejam vinculados a partidos políticos, o Uruguai tem sido elogiado internacionalmente pela Lei de Serviços de Comunicação de Radiodifusão (LSCA), que pretende uma distribuição mais justa das frequências de transmissão, permitindo um maior pluralismo na disseminação da comunicação de massa. Grandes grupos de mídia lutaram fortemente contra o projeto de lei, aprovado em 2014, enaltecido como um importante marco regional da liberdade de expressão. O Uruguai ocupa o 19º lugar entre 180 países no Índice Mundial de Liberdade de Imprensa de 2019, tornando-se um dos países mais seguros da América Latina para jornalistas.

Panorama Online

No Uruguai, todo mundo tem um telefone, na verdade a maioria das pessoas tem mais de um. Com uma população de 3,5 milhões de pessoas, existem quase 5,4 milhões de assinaturas de telefonia móvel no pequeno país da América do Sul, com 65% desses usuários em conexões pré-pagas. A maioria tem acesso à internet e são usuários ativos de mídia social diariamente (72%), enquanto 64% da nação acessam a mídia social usando smartphones.

Enquanto 78% dos uruguaios usavam laptops e desktops para acessar a internet em 2016, essa participação de mercado havia diminuído 12% no ano seguinte. Os tablets também caíram em popularidade como um modo de acesso à Internet em 2017 (15% dos uruguaios usaram tablets em 2016, enquanto apenas 2% fizeram em 2017).

O acesso on-line é priorizado pelo governo e, em 2009, o Uruguai tornou-se o primeiro país do mundo a fornecer um computador laptop a todas as crianças que frequentam a escola primária. Estima-se que a distribuição de mais de meio milhão de laptops, inspirada no projeto sem fins lucrativos OLPC (One Laptop Pre Child), tenha ajudado muito a equiparar as diferenças históricas no Uruguai. O “Plan Ceibal” governamental também garantiu conexões sem fio à internet para todas as escolas. Embora isso seja difícil de implementar, a meta foi cumprida e todas as escolas primárias do Uruguai têm acesso à Internet, seja sem fio ou por fibra ótica. O Uruguai está criando uma população digital.

A Economia

Como o único país sul-americano totalmente situado na zona temperada, o Uruguai tem condições climáticas amenas semelhantes durante todo o ano. Apesar de ser um dos menores países da América do Sul, as altas taxas de fertilidade do solo em um país amplamente plano, cruzadas por rios e córregos, significam que a agricultura e as indústrias associadas são de grande importância para a economia local. Cerca de 95% desse território de alto rendimento é usado para fins agrícolas. A proteção ambiental está consagrada na Constituição uruguaia, e as isenções fiscais estão disponíveis para empresas, locais ou internacionais, que usam “tecnologias limpas”.

A atividade bancária no Uruguai é vista como forte, competente e muitos bancos internacionais têm uma base em Montevidéu. O capital humano é altamente desenvolvido devido ao investimento consistente em educação pública secular gratuita (com frequência obrigatória).

Embora a agricultura seja considerada um dos mais fortes setores baseados em exportações do Uruguai, pode-se notar um crescimento significativo nos últimos anos em outras áreas, como Finanças, Tecnologia da Informação e Logística. O PIB do Uruguai quase dobrou desde 2009 e, apesar de uma desaceleração entre 2013 e 2016, o crescimento foi novamente observado em 2017 (US $ 56,16 bilhões). O produto interno bruto uruguaio representa 0,09% da economia global.

O investimento estrangeiro direto está livre de restrições e não há limites quanto à transferência de lucros ou à repatriação de capital. Nenhuma distinção é feita entre investimento local e estrangeiro, e uma empresa internacional pode aproveitar exatamente os mesmos incentivos e benefícios fiscais que uma empresa local pode oferecer. O Uruguai está definitivamente aberto para negócios.

measure success

Nuances Culturais

Os uruguaios são pessoas felizes, acolhendo estrangeiros e confiando em seu governo em geral. Enquanto os moradores locais são vistos como acolhedores, amigáveis e abertos, fazer negócios no Uruguai é um assunto totalmente formal. Eles acreditam em fazer as coisas da maneira certa, e não vão gostar de qualquer sugestão para cortar custos. Enquanto muitos estudaram inglês na escola e estão felizes em praticá-lo em ambientes sociais, o espanhol é a língua dos negócios. Todos os documentos devem estar disponíveis em espanhol impecável.

Há muitas vantagens em se fazer negócios no Uruguai, mas é importante começar com o pé direito. Há muitos incentivos fiscais disponíveis, mas as empresas devem ter um entendimento completo e abrangente do sistema legal e fiscal e dos requisitos regulatórios quando começarem. Embora o futuro pareça brilhante no Uruguai, muitas empresas internacionais ficam sobrecarregadas pelas complexidades do sistema tributário (mais de 30 pagamentos de impostos corporativos devem ser feitos anualmente).

Quer construir no Uruguai? Mesmo uma permissão de planejamento aparentemente direta levará pelo menos sete meses para ser esclarecida, pois a proposta deve passar por dezenas de procedimentos de conformidade e inspeções. Registrar uma propriedade é um processo burocrático extremamente complexo.

Planejando exportar? Faça sua lição de casa primeiro, pois a ladainha da papelada necessária muitas vezes pode resultar em bens retidos por semanas entrando ou saindo do país.

A Capital – Montevidéu

Quase metade da população do Uruguai vive na capital Montevidéu. Ao contrário de outras capitais da América do Sul, o Uruguai não tem uma desigualdade de riqueza marcante, e as favelas são inexistentes. Com um sistema educacional que fornece os mais altos níveis de alfabetização na região, os uruguaios são amantes da cultura e o país é anfitrião de uma ampla diversidade de comidas, artes, esporte e dança.

O Uruguai não possui comunidades nativas indígenas, e os locais são geralmente de origem europeia. Uma vasta gama de influências de imigrantes é visível na escolha da culinária disponível nesta pequena capital, semelhante a uma aldeia, com suas vias para pedestres que levam até o mar (um local perfeito para assistir ao pôr do sol à noite).

No relatório Mercer sobre qualidade de vida em 2017, Montevidéu foi classificada como a número um na América Latina (permaneceu como número um na região desde 2005). Desde 2015, a cidade faz parte da Rede de Cidades Criativas da UNESCO na área de Literatura. Em outras palavras, a criatividade é reconhecida como um fator importante na trajetória de desenvolvimento urbano sustentável da cidade.

A capital, localizada na foz do Rio da Prata, é a capital econômica e política do Uruguai, e a maioria das grandes empresas tem sua sede na cidade de estilo colonial. O Porto de Montevidéu é um dos mais importantes da América do Sul e tem mostrado rápido crescimento nos últimos anos.

O turismo é responsável por grande parte da atividade econômica do Uruguai, com praias incríveis espalhadas ao longo da costa. Em Montevidéu, o turismo tende a se concentrar na bela cidade velha. Perto de Punta del Este é um dos locais favoritos dos turistas, enquanto aqueles que desejam fugir das modernas armadilhas da vida cotidiana vão até o idílico Cabo Polonio.

Contato

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem

Para mais informações sobre como a Sherlock Communications pode ajudar sua empresa atingir seus objetivos ou simplesmente para uma conversa sem compromisso ligue ou envie um e-mail:

Telefone

+55 11 3817 5852

Email

contact@sherlockcomms.com

Locais

Headquarters:
Rua Mourato Coelho Nº 923, Pinheiros, São Paulo – SP – Brasil, 05417-011