O Que Fazemos > Tradução para Negócios e Consultoria em Linguagem Simples

Entenda as Sutilezas

O idioma “correto” não significa necessariamente que seja o apropriado. Você pode ter os melhores tradutores, mas você está realmente falando a mesma língua que o seu público? A comunicação efetiva requer compreensão sutil de tom, estrutura, mensagens e valores. Isso nem sempre é fácil em uma segunda língua.

Se você vende serviços profissionais ou legais, você quer soar como Buzzfeed? Se a sua página do Facebook pretende alcançar os adolescentes, você deveria usar o jargão do consultor de gerenciamento? Seu Relatório Anual de Sustentabilidade apresenta-se muito distante… ou muito íntimo?

Embora a coerência seja aplaudida, as mensagens internacionais mal traduzidas geralmente têm um efeito alienante no Brasil.
Perdemos a conta do número de referências culturais perdidas que já vimos em matérias de RP traduzidas para o português. Como os jornalistas brasileiros gostam de dizer, para que sua história funcione no Brasil, ela precisa ser “tropicalizada!”

Ao invés de simplesmente oferecer um serviço de tradução simples no Brasil, A Sherlock Communications examina a forma como você se comunica com seus stakeholders, analisando o que funciona e o que não funciona – e te ajuda a comunicar mais claramente e eficientemente em inglês e português.

Acreditamos em Plain Language Consultancy (consultoria de linguagem simples), e avaliamos as melhores práticas de comunicação da sua marca na língua inglesa e portuguesa. Através de canais de mídia – social e web – e documentação corporativa, nós metodicamente avaliamos quão bem você se deparou com seu público. A compreensão gerada através de comparar seus métodos de comunicação com os principais concorrentes ajudarão a informar as estratégias de RP, comunicação corporativa e marketing de conteúdo que podemos fornecer.

O público espera uma comunicação precisa, compreensível e apropriada, tanto em inglês quanto em português. Mas muitas vezes, em vez de usar palavras claras, o jargão toma conta; São usadas expressões que não atingem o alvo; exemplos são emprestados de lugares inapropriados; e as tentativas de se “conectar” chegam as ser estranhas.

Analistas nativos do idioma e comunicadores profissionais podem ajudá-lo. Suas comunicações não serão mais apenas palavras em uma página, mas sim, podem se tornar uma ferramenta de negócios importante.