Nossa Rede > Costa Rica

PR na Costa Rica – Nossa História

Toda empresa estrangeira que queira prosperar no mercado vai se beneficiar de uma agência de relações públicas na Costa Rica que entenda as peculiaridades culturais do país, mas que também tenha uma perspectiva internacional.

Se você possui uma marca de consumo, empresa prestadora de serviços, ou uma startup de tecnologia inovadora, a Sherlock Communications é única entre as agências de relações públicas na Costa Rica, oferecendo uma equipe premiada que combina visão local e contatos de mídia, além de décadas de experiência internacional.

Quer se trate de relações com a mídia, intervenção em mídias sociais e digitais, campanhas de influenciadores, marketing de desempenho ou geração de histórias e leads para a imprensa, a equipe de Costa Rica da Sherlock tem um histórico comprovado em oferecer ótimos resultados para seus clientes internacionais, de startups a empresas de capital aberto.

Visão Geral do Mercado

A república da Costa Rica tem uma população de apenas 4,8 milhões e é um dos países mais prósperos e politicamente estáveis da América Central. É também o único país da região sem um exército permanente desde que foi abolido em 1948.

O país desfruta de um dos mais altos padrões de vida na região, e essa prosperidade e estabilidade oferecem uma riqueza de oportunidades para aqueles que trabalham nos setores de RP, mídia e comunicações, com empresas abertas ao crescimento e desenvolvimento, e com um vibrante cenário de mídia para o trabalho de relações públicas.

A Costa Rica é um excelente centro para negócios e comércio devido à sua localização geográfica no coração das Américas, com portos tanto nas costas do Pacífico como do Atlântico.

De fato, o clima de investimento da Costa Rica tem sido favorável por muitos anos. O investimento estrangeiro direto é alto e tem contribuído significativamente para o crescimento econômico. Além disso, o governo da Costa Rica implementou medidas para combater os desafios enfrentados pelo país, incluindo o aumento dos custos operacionais, um sistema jurídico complexo, burocracia e questões de infraestrutura, e essas ações melhoraram consideravelmente sua capacidade de fazer negócios.

Panorama da mídia

A Costa Rica tem um setor de mídia vibrante, com vários jornais públicos e privados, canais de televisão e estações de rádio. Existem nove grandes jornais e a televisão a cabo está amplamente disponível. O rádio, com 112 emissoras nacionais, é o meio mais popular para divulgação de notícias.

A Costa Rica também possui um dos maiores potenciais de inovação da região, graças a um sistema educacional de alta qualidade, bom uso das TIC e capacidade acima da média para inovar e usar a tecnologia disponível. O acesso à Internet tem 87% de penetração (4,2 milhões) com 3,2 usuários ativos de mídia social e 7,9 milhões de assinaturas móveis.

A economia

Provavelmente o país economicamente mais estável da América Central, a Costa Rica tem um PIB de US$ 58,1 bilhões, e apesar de uma ligeira recessão após a crise econômica global, sua economia retomou o crescimento de cerca de 4% nos anos 2010-14 e 4,3% em 2016.

Enquanto as exportações agrícolas tradicionais de banana, café, açúcar e carne bovina ainda são a espinha dorsal das exportações de commodities, nos últimos anos, uma ampla variedade de produtos agrícolas industriais e especializados, bens e serviços de alto valor agregado, como equipamentos médicos, reforçou ainda mais as exportações. Seus principais produtos industriais são: microprocessadores, equipamentos médicos, componentes eletrônicos e processamento de alimentos. Esses produtos, juntamente com abacaxi, banana, laticínios e café, são os principais produtos de exportação do país.

O turismo também é uma adição contínua ao câmbio, já que a impressionante biodiversidade da Costa Rica torna o país um destino privilegiado para o ecoturismo. Os investidores estrangeiros continuam atraídos pela estabilidade política e altos níveis de educação do país, bem como pelos incentivos oferecidos nas zonas de livre comércio. Como resultado, a Costa Rica tem um dos mais altos níveis de investimento estrangeiro direto per capita na América Latina. Em 2015, recebeu cerca de US$ 2,8 bilhões e várias empresas multinacionais montaram seus escritórios no país nos últimos anos. Os investidores são encorajados pelo alto padrão de vida do país, estabilidade política e econômica e o excelente sistema educacional.

A Costa Rica também possui acordos de livre comércio com a União Europeia, Estados Unidos, Canadá, México, China, Singapura, e do restante dos países da América Central e Caribe, entre outros. O Acordo de Livre Comércio EUA-América Central-República Dominicana (CAFTA-DR) entrou em vigor em 1º de janeiro de 2009 e aumentou o investimento estrangeiro direto em setores-chave da economia, incluindo os setores de seguros e telecomunicações, que foram abertos a investidores privados. O país também disponibiliza os incentivos fiscais mais atrativos e com maior custo-benefício na região.

A Costa Rica é o país mais visitado da América Central e o setor de turismo é um dos que mais cresce no país, tornando-se a maior fonte de receita externa. O turismo sozinho recebeu mais divisas externas do que bananas, abacaxis e exportações de café somados.

Em 2013 foram 2,43 milhões de visitantes estrangeiros, e US$ 1,92 bilhão em receita – um recorde histórico – e em 2012, o turismo contribuiu para 12,5% do PIB do país e foi responsável por 11,7% do emprego.

Em números, a contribuição direta de viagens e turismo para o PIB da Costa Rica foi de USD 2,7 bilhões, 13,4% do PIB em 2016, com previsão de aumento de 3,6% em 2017 e de 4,6% anuais para USD 11,4 bilhões – 14,6% do PIB – em 2027. Em 2016, a indústria apoiou diretamente 110.000 empregos, 5,2% da força de trabalho total. Espera-se que este valor aumente em 2,1% em 2017 e em 3% em termos anuais, para 151.000 postos de trabalho – 6,0% do emprego total – em 2027.

A capital – San Jose

San Jose é a maior cidade da Costa Rica, com uma população de 1.720.000 habitantes, e abriga mais de 50 universidades privadas, detentoras dos melhores níveis de educação da América Central.

É a sede do governo nacional, o ponto focal da atividade política e econômica e o principal centro de transportes do país.
Embora poucas pessoas vivam no centro da cidade, é a área de negócios mais importante do país e, como resultado, atrai mais de um milhão de pessoas diariamente. Segundo estudos na América Latina, San José ainda é uma das cidades mais seguras e menos violentas da região. Em 2006, a cidade foi nomeada Capital Ibero-Americana da Cultura.

A cidade também é o sexto destino mais importante da América Latina, de acordo com o MasterCard Global Destinations Cities Index 2012.

San José tem várias redes internas de transporte que ligam os distritos da cidade e a área metropolitana; bem como redes de transporte nacionais que ligam a cidade a outras partes da Costa Rica.

Contato

Nombre

Email

Tema

Mensaje

If you would like to learn more about PR in Costa Rica, find out how Sherlock Communications can help you meet your business objectives in Costa Rica or simply have an informal chat do call or drop us a line:

Telephone

+55 11 3817 5852

Email

contact@sherlockcomms.com

Find Us

Quartel general:
Rua Mourato Coelho Nº 923, Pinheiros, São Paulo – SP – Brasil, 05417-011